CNE declara MPLA vencedor oficial das eleições de Angola

Estão aprovados os resultados definitivos das eleições gerais de Angola. O MPLA é o vencedor com mais de metade dos votos, depois da Comissão Nacional Eleitoral ter apreciado, em plenário, os mais de 11 mil votos reclamados.

Os resultados foram anunciados pelo presidente da Comissão Nacional Eleitoral, Manuel Pereira da Silva.

O MPLA, no poder há 47 anos, venceu o escrutínio com 51,17%, conseguindo eleger uma maioria de 124 deputados para a Assembleia Nacional, com um total de 3.209.429 votos.

Segundo estes resultados finais, João Lourenço, cabeça de lista do MPLA, é reeleito presidente de Angola e terá como vice-presidente Esperança Maria Eduardo Francisco da Costa.

A UNITA, que que tem contestado os resultados das eleições de 24 de agosto, foi o segundo partido mais votado, com 43,95% e 90 deputados, obtendo um total de 2.756.786 de votos.

O Partido da Renovação Social (PRS) assume-se como a terceira força política. Arrecadou 1,14% dos votos e elege dois deputados.

Em quarto lugar surge a FNLA (Frente Nacional de Libertação de Angola), com 1,06% e dois assentos na Assembleia Nacional. Também com dois deputados, mas 1,02%, o PHA (Partido Humanista de Angola). A Casa-CE não conseguiu qualquer mandato.

A grande vencedora das eleições de 24 de agosto de 2022 foi, no entanto, a abstenção que foi de 55,18%. Cerca de oito milhões de eleitores inscritos nos cadernos eleitorais não votaram.