COB lança programa para preparar jovens atletas para o Pan de Santiago, em 2023

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) lançará ainda nesta sexta-feira, um programa de suporte a atletas entre 17 e 24 anos, que são promessas em suas modalidades. Batizado de Conexão Santiago, o projeto tem como foco os próximos jogos Pan-Americanos, que acontecerão na capital chilena, em 2023. Dos selecionados, a maioria participou dos jogos Pan-Americanos Junior de Cali, no ano passado.

LEIA: COB elege novo Conselho de Ética; ex-nadadora e militar passam a ser membros

Joanna Maranhão: 'É preciso criar mecanismos para atletas confiarem nos sistemas de denúncias para combater o assédio'

Ao todo, serão 40 nomes contemplados. Alguns já foram definidos, são os de Stephanie Balduccini (Natação), Giulia Takahashi (Tênis de Mesa), Gabriel Falcão (Judô), Miguel Hidalgo (Triatlo) e Sandy Macedo (Taekwondo). Os nomes de outros atletas que serão contemplados com o programa estão sendo debatidos com as confederações. A ideia é que 17 modalidades estejam presentes no projeto.

O programa Conexão Santiago dará suporte aos atletas para que eles tenham bons resultados em Santiago e consigam índices para Paris 2024. Além disso, pretende ajudar na transição da carreira desses atletas das categorias juniores para a principal.

— O atleta enfrenta muitos desafios ao longo da carreira esportiva, e um deles é o processo de transição da classe júnior para a classe adulta que é caracterizado por muitas mudanças em sua vida, dentro e fora do contexto esportivo. Com esse programa o COB propõe olhar com atenção para essa fase, proporcionando o suporte necessário para que atletas jovens, os quais se destacaram nas categorias de base, atinjam o seu máximo potencial também na categoria principal — disse o diretor de Desenvolvimento Esportivo do COB, Kenji Saito.

O COB fornecerá a estrutura do Laboratório Olímpico, através de uma equipe interdisciplinar. Os atendimentos são nas áreas de Bioquímica, Fisiologia, Biomecânica, Preparação Mental, Medicina, Fisioterapia, Condicionamento, Força e Nutrição, Gestão do Conhecimento, Análise de Desempenho e Tecnologia. Os atletas também poderão usar o Centro de Treinamento do COB.

O grupo também passará por estágios de treinamentos no Brasil e no exterior, em países com tradição nas modalidades de cada atleta. O grupo também participará de competições.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos