Cobra morre após ser mordida por menino de 8 anos, na Índia: 'num piscar de olhos'

Uma cobra venenosa morreu na Índia após ser mordida por um menino de 8 anos na última segunda-feira.

Segundo o jornal The New Indian Express, Deepak foi atacado pela serpente enquanto brincava no quintal da casa de sua família, na vila de Pandarpadh, região central de Chhattisgarh. Em seguida, tentou tirá-la de seu braço, onde ela tinha se enrolado. O menino chegou a ser picado, mas o veneno nao adentrou em seu organismo, e ele sobreviveu. Por fim, após muito se movimentar, Deepak resolveu morder o réptil.

— A cobra se enrolou na minha mão e me mordeu. Eu estava com muita dor — disse Deepak ao The New Indian Express. — Como o réptil não se mexeu quando tentei me livrar dele, mordi com força duas vezes. Tudo aconteceu num piscar de olhos.

Preocupados com a situação embora Deepak aparentasse estar bem, os pais de Deepak levaram-no a uma unidade de saúde. O garoto ficou um tempo em observação e, conforme foi constatato que a cobra não injetou veneno, ele não precisou tomar antídoto.

Segundo um estudo recente, das 63 mil pessoas que se estima terem morrido de picadas de cobra em 2019, 51 mil foram mortas na Índia, ou seja, mais de 85%. No país, 90% das picadas de cobra vêm de quatro espécies: krait, víbora de Russell, víbora serrada e cobra indiana (que foi morta por Deepak).

No distrito de Jashpur, onde o menino mora, há mais de 200 espécies de cobras.