Coelho que seria o maior do mundo morre em voo da United Airlines - mais um desastre na relação entre cliente e empresa

Simon era filho de Darius, o maior coelho do mundo (Foto: Caters)

A United Airlines confirmou que está investigando relatos envolvendo a morte de um coelho gigante durante uma viagem a Chicago em um dos seus voos transatlânticos.

Simon, um coelho de 10 meses de idade e 90 centímetros de altura, estava viajando do aeroporto de Heathrow para o aeroporto O’Hare de Chicago, depois que foi comprado por uma celebridade.

A criadora, Annette Edwards, afirmou que o animal ficaria ainda maior do que seu pai, Darius, que se tornou o maior coelho do mundo após atingir uma altura de um metro e meio.

Ela disse ao The Sun: “Algo muito estranho aconteceu e eu quero saber o que foi. Já enviei coelhos para o mundo inteiro e nunca aconteceu nada semelhante antes”.

“O cliente que comprou Simon é muito famoso. E está muito nervoso”.

A United Airlines retirou o Dr. David Dao de um de seus voos no início deste mês (Foto: Getty Images)

A empresa já passou por momentos controversos a menos de um mês, após a divulgação de imagens chocantes, que mostram um passageiro idoso sendo arrastado para fora de um voo após se recusar a abandonar seu assento.

O Dr. David Dao, de 69 anos, foi visto com o rosto ensanguentado após ser removido do avião por oficiais do aeroporto de Chicago, que foram chamados pela United.

Confirmando a morte do coelho, um porta-voz da empresa disse: “Ficamos tristes ao saber da notícia. A segurança e o bem-estar dos animais que viagem conosco são fatores muito importantes para a United Airlines e sua equipe especializada no transporte deles”.

“Nós entramos em contato com a cliente em questão e estamos oferecendo assistência. Vamos descobrir o que aconteceu”.

Nick Reilly

Yahoo News UK