Cogitado no Flamengo, Dorival também teve problemas com Diego Alves; relembre

A diretoria do Flamengo decidiu que Paulo Sousa não é mais técnico da equipe após a derrota para o Bragantino na última quarta-feira. Agora, o clube busca no mercado um novo profissional para assumir o cargo. De acordo com o "ge", o nome de Dorival Junior vem ganhando força dentro do clube. Mas caso feche um acordo, o treinador terá que trabalhar diretamente com um jogador com quem teve sérios problemas.

Dorival e o goleiro Diego Alves viviam em combate durante a última passagem do técnico pelo rubro-negro, em 2018. Na época, o técnico paulista conduziu o time em uma boa arrancada no Brasileirão que deu o vice-campeonato ao Flamengo. O goleiro havia recém chegado da Espanha como reforço da equipe, mas acabou não tendo espaço, já que o escolhido de Dorival para ser titular foi César.

O treinador explicou que o motivo de preterir Diego Alves foi uma lesão combinada a uma boa sequência do concorrente na posição. O ex-goleiro do Valencia, porém, não gostou da decisão, e isso fez com que ele quase deixasse o rubro-negro logo após chegar.

Durante esse período, os dois teriam até protagonizado uma discussão em frente ao elenco durante uma sessão de treinamento, o que posteriormente foi negado por Dorival. O técnico deixou a equipe ao final da temporada, e atualmente ele comanda o Ceará.

Anos depois, o goleiro vivia situação parecida com Paulo Sousa. O português decidiu barrar o veterano e apostar em Hugo no gol do Flamengo, o que novamente deixou Alves incomodado. Ele disputou apenas duas partidas em 2022 e seu contrato com o clube acaba em dezembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos