'Coisa de preto né': Vereador é acusado de racismo em áudio vazado na Câmara de São Paulo

O vereador Camilo Cristófaro (PSB-SP) é alvo de uma denúncia de racismo após um áudio vazado durante uma sessão legislativa da Câmara de São Paulo. No áudio, Cristófaro diz que "não lava nem a calçada, é coisa de preto, né?".

A conversa teria saído nos auto-falantes do plenário durante a sessão da CPI dos Aplicativos.

A vereadora Luana Alves (PSOL) já adiantou que entrará com uma representação na corregedoria da Câmara para que Cristófaro seja investigado pela casa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos