Colômbia confisca quase 3.500 barbatanas de tubarão a caminho de Hong Kong

·1 minuto de leitura
Centenas de barbatanas de tubarão apreeendidas em Galápagos, no Equador

BOGOTÁ (Reuters) - Autoridades da Colômbia disseram nesta sexta-feira que confiscaram um carregamento de 3.493 barbatanas de tubarão que seriam contrabandeadas do aeroporto de Bogotá para Hong Kong.

Autoridades ambientais da capital colombiana disseram que a quantidade de barbatanas significa que de 900 a 1 mil tubarões de 1 a 5 metros de comprimento foram mortos.

Em alguns países, acredita-se que as barbatanas de tubarão trazem benefícios à saúde.

O carregamento, armazenado em 10 embalagens e produto da pesca ilegal, partiu do município de Roldanillo, no sudoeste colombiano, disse a secretária do Meio Ambiente de Bogotá.

"A empresa de remessas foi quem alertou inicialmente as autoridades ambientais e a polícia", disse a secretária Carolina Urrutia.

"A polícia está coletando amostras para saber exatamente de qual espécie são, mas sabemos que há mais de três espécies de tubarão existentes nas águas colombianas".

A polícia nacional se encarregará da investigação, acrescentou ela, e pediu à empresa de remessas todas as informações sobre o remetente e o destino final do carregamento.

(Por Carlos Vargas)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos