Colapso em Manaus completa um ano e capital volta a registrar alta de casos

·1 min de leitura
Colapso em Manaus fez com que pacientes com covid-19 morressem por asfixia, em janeiro de 2021
Colapso em Manaus fez com que pacientes com covid-19 morressem por asfixia, em janeiro de 2021 (Foto: MICHAEL DANTAS/AFP via Getty Images)
  • Em janeiro de 2021, colapso em Manaus fez com que pacientes morressem asfixiados

  • Um ano depois, capital amazonense volta a registrar alta nos casos de covid

  • Ao mesmo tempo, número de mortes e de internações na UTI não aumentou

Manaus voltou a registrar um alta de novos casos de covid-19, com tendência de aceleração nas infecções pelo coronavírus. Os dados, divulgados pela Folha de S. Paulo, chamam atenção um ano após a capital amazonense viver um colapso no sistema de saúde. Na ocasião, faltou oxigênio nos hospitais e pacientes morreram por asfixia.

Em 1º de janeiro, os casos confirmados de covid em Manaus eram 37. Já na última quarta-feira (13), esse número subiu para 1.659, aumento de mais de 4.300%. No dia 12, os testes positivos chegaram 1.219, maior número desde 31 de março de 2021.

Os dados são da Fundação de Vigilância em Saúde e foram divulgados pela Folha. Segundo o jornal, a quarta-feira foi marcada por postos de saúde lotados, com moradores de Manaus em busca de testes.

Enquanto os casos sobem, o governo do Amazonas e a prefeitura de Manaus suspenderam licenças e férias dos profissionais do setor da saúde e da Secretaria de Estado de Saúde. Além disso, o estado se prepara para reativas leitos dedicado à covid-19.

Mortes e internações na UTI

Ao mesmo tempo, o número de mortes e a ocupação de leitos em UTIs não apresentaram aumento expressivo. No primeiro trimestre de 2021, foram 6,6 mil mortes no Amazonas em decorrência da covid-19.

No ano passado, no período mais crítico vivido pelo estado, redes pública e privada chegaram a ter 753 leitos de UTI ocupados. Atualmente, são 35.

Apesar da grave situação vivida por Manaus em janeiro de 2021, ninguém foi condenado até o momento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos