Coleção de arte de cofundador da Microsoft bate recorde em leilão

Pela primeira vez na história da Christie's um leilão ultrapassou a marca dos mil milhões de euros. O novo recorde foi fixado pela coleção de arte do falecido cofundador da Microsoft Paul Allen.

Obras de Van Gogh, Cézanne, Gauguin, Klimt, entre outros artistas de renome, foram vendidas por cerca de 1,5 mil milhões de euros.

Todas as receitas serão doadas a instituições de solidariedade.