Colecionadores de vinhos no Brasil ganham opção de e-commerce

·1 minuto de leitura
Close up of young Asian woman walking through supermarket aisle and choosing a bottle of red wine from the shelf in a supermarket
Até o momento, o site da Winetrader contabiliza 500 vinhos raros disponíveis, mas a expectativa é de que, até o final do ano, o catálogo passe a ofertar mais de 3.000 rótulos

A Winetrader, empresa brasileira de e-commerce, anunciou o lançamento de um marketplace de vinhos específico para colecionadores.

Inspirado em modelo que tem muita aceitação nos Estados Unidos, os colecionadores poderão comprar e vender rótulos distintos e premium. Para assegurar essa exclusividade, todas as garrafas vendidas na plataforma precisam passar por uma vistoria para provar a autenticidade.

Leia também:

O marketplace é voltado para os apreciadores de alto poder aquisitivo, no entanto, há vinhos disponíveis por valores a partir de R$ 100. O rótumo mais caro do Winetrader custa R$ 30.000.

Até o momento, o site da Winetrader contabiliza 500 vinhos raros disponíveis, mas a expectativa é de que, até o final do ano, o catálogo passe a ofertar mais de 3.000 rótulos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos