Colombiana abandona cães em rua do Rio Comprido e vai responder por maus-tratos

·1 min de leitura

Uma colombiana de 44 anos e a filha adolescente foram levadas para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente nesta quinta-feira por terem abandonado dois cães dois dias antes na Rua Itapiru, no Rio Comprido, Zona Norte do Rio. Uma gravação que mostra as duas deixando os animais no local e saindo de carro viralizou nas redes sociais. Os agentes resgataram os dois cachorros, que foram levados para a delegacia, onde passaram por perícia, e depois para uma clínica veterinária.

A mulher vai responder por infração ao artigo 32, da Lei 9.605/98 (maus tratos a animais domésticos), com pena de reclusão de 2 a 5 anos, multa e proibição de guarda dos animais vitimados, resgatados pelos agentes da DPMA.

O presidente da comissão de defesa dos animais, Luiz Ramos Filho, quer a extradição das duas colombianas. “É provável que elas tenham apanhado os animais de volta depois de ver a grande repercussão do caso. Cometeram um crime no nosso país. Temos que ver se é caso de pedir a extradição”, disse o vereador.

Luiz Ramos informou que os dois cães foram levados para a clínica Instinto, em Bangu, onde receberão cuidados e serão castrados. “Depois eles ficarão sob a tutela da radialista e protetora Carla de Lucas, até serem adotados. Precisam de um lar, de alguém que cuide deles de verdade”, disse Ramos Filho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos