Com 495 óbitos nas últimas 24h, Brasil passa de 191,6 mil mortos pela Covid-19

·2 minuto de leitura
***FOTO DE ARQUIVO***SÃO PAULO, SP. 19/06/2020. Sepultadores carregam caixão com vitima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, na zona leste de São Paulo. ( Foto: Lalo de Almeida/ Folhapress )
***FOTO DE ARQUIVO***SÃO PAULO, SP. 19/06/2020. Sepultadores carregam caixão com vitima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, na zona leste de São Paulo. ( Foto: Lalo de Almeida/ Folhapress )

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil registrou 495 óbitos pelo novo coronavírus e 25.490 casos da doença nas últimas 24 horas. O país, assim, chega a 191.641 óbitos e a 7.506.890 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Com o novo aumento, o país se coloca cada vez mais próximo de passar as 200 mil mortes antes do início de 2021. Os números, no entanto, podem ser menores devido a atrasos de notificação das secretarias estaduais. Registros do tipo costumam acontecer em feriados, domingos e segundas.

Os dados do país são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

O jornal Folha de S.Paulo também divulga a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete.

De acordo com os dados coletados até as 20h desta segunda-feira (28), a média de mortes nos últimos sete dias é de 617. O estado atual da doença no país é acelerado, depois de um breve intervalo de estabilidade, com alta de mortes desde o final de novembro.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.

Balanço divulgado pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (28) aponta 20.548 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h, com 431 novas mortes. Os dados do governo federal somam ainda 7.504.833 casos e 191.570 mortes desde fevereiro. Há ainda, 2.439 mortes em investigação.