Com aplausos, brasileiros prestam homenagens a profissionais de saúde

SÃO PAULO, SP, 20.03.2020 – MÉDICOS-CORONAVÍRUS: Moradores de edifícios na rua Peixoto Gomide, em São Paulo, realizam aplaudaço em homenagem aos profissionais da saúde que atuam no tratamento de pacientes infectados com o novo coronavírus (Covid-19), na noite desta sexta-feira (20). (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O reconhecimento ao trabalho dos profissionais de saúde no combate ao coronavírus levou muitos brasileiros novamente às janelas de prédios e casas para minutos de aplausos.

Cidades como São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Brasília e Rio de Janeiro estão entre os municípios que tiverem registros de manifestações de apoio ao árduo trabalho de médicos, enfermeiros, auxiliares, entre outros profissionais.

As homenagens também foram divulgadas por usuários nas redes sociais. Os aplausos começaram por volta das 20h e se intensificaram às 20h30.

Pelo Twitter, clubes de futebol também fizeram reverências. O Corinthians, por exemplo, postou a seguinte mensagem: "Enquanto estamos protegidos em casa, os profissionais de saúde estão na linha de frente do combate ao coronavírus. Nossa gratidão a todos e uma grande salva de palmas para esses guerreiros!"

Esta é a segunda noite seguida que este tipo de reconhecimento é feito pelos brasileiros.

Na quinta (19), os aplausos às equipes de saúde também dividiram espaço com um panelaço em protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e, em menor escala, manifestações de apoio ao político.

O protesto contra o presidente foi ouvido novamente nesta sexta (20) em alguns lugares de São Paulo, como no bairro da Saúde, e Laranjeiras, no Rio de Janeiro.

As reverências aos profissionais que cuidam dos enfermos impactados pela Covid-19 já ocorre em países da Europa, como Portugal e Espanha, há algumas semanas e passaram a ser repetidas pelos brasileiros desde que a pandemia aumentou sua escalada no país.