Com apoio de Bolsonaro e Alcolumbre, Rodrigo Pacheco é eleito presidente do Senado

BRASÍLIA, DF,  01.02.2021 - RODRIGO-PACHECO - o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Sessão plenária do Senado Federal para eleição do Presidente do Senado para o próximo biênio. O presidente do senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), preside a sessão. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
BRASÍLIA, DF, 01.02.2021 - RODRIGO-PACHECO - o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Sessão plenária do Senado Federal para eleição do Presidente do Senado para o próximo biênio. O presidente do senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), preside a sessão. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), 44, venceu nesta segunda-feira (1º) a eleição para a presidência do Senado, Casa legislativa que vai comandar pelos próximos dois anos. Ele obteve 57 votos.

Pacheco vai suceder Davi Alcolumbre (DEM-AP), seu padrinho político nessa disputa, que se engajou completamente na articulação por apoio e votos. Pacheco também era o candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).