Com Bolsonaro de férias em SC, ministros vão sobrevoar regiões alagadas por chuva na Bahia

·3 min de leitura
As fortes chuvas têm persistido na região sul da Bahia desde o início do mês. Na image, uma áerea da região de Itapetinga, na Bahia.
As fortes chuvas têm persistido na região sul da Bahia desde o início do mês. Na image, uma áerea da região de Itapetinga, na Bahia. (Foto: MANUELLA LUANA/AFP via Getty Images)

Ao menos quatro ministros, sobrevoam nesta terça-feira (28), nas áreas mais afetadas pelas chuvas e enchentes no sul da Bahia.

Os ministros da Cidadania, João Roma; do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho; da Saúde, Marcelo Queiroga; e da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, foram até a região para tomar conhecimento da situação causada pelas fortes chuvas, que já deixaram pelo menos 20 mortos e 358 feridos.

As fortes chuvas têm persistido na região sul da Bahia desde o início do mês. Duas barragens, uma no distrito de Iguá e outra na cidade de Jussiape, se romperam em menos de 24 horas, durante o final de semana, entre os dias 25 e 26.

O grupo deve chegar em Ilhéus e analisar os impactos nas rodovias da região.

De acordo com Marinho, a ida dos ministros foi uma “determinação” do presidente Bolsonaro, que está em Santa Catarina, onde irá passar o feriado de Ano Novo, retornando à Brasília, somente em 4 de janeiro, depois do Réveillon.

No mesmo dia em que Bolsonaro foi para o litoral catarinense, o número de mortos na Bahia por causa das chuvas subiu para 20. Dezenas de cidades baianas estão em situação de emergência e mais de 430 mil pessoas foram afetadas.

Leia também

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu a atuação das Forças Armadas na Bahia, nesta segunda-feira (27). O petista afirmou que conversou com o governador da Bahia, Rui Costa (PT), sobre a situação do Estado.

Uma vista aérea mostra uma rua inundada, causada por fortes chuvas, em Itajuipe, estado da Bahia, Brasil, 27 de dezembro de 2021. Foto tirada com um drone.
Uma vista aérea mostra uma rua inundada, causada por fortes chuvas, em Itajuipe, estado da Bahia, Brasil, 27 de dezembro de 2021. Foto tirada com um drone. (Foto: REUTERS / Amanda Perobelli)

Rui Costa anunciou, nesta terça-feira (28), um auxílio financeiro para as famílias atingidas pela chuva. Também informou que uma tarifa social será estipulada pela Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento) para aqueles que tiveram as casas alagadas.

Ajuda de militares

O governo da Bahia informou que recebeu apoio de agentes do Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Norte, Maranhão, Paraíba e Sergipe, além da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para o resgate de vítimas das enchentes. Vinte viaturas, dez aeronaves, oito botes e um barco também foram mobilizados.

Veja como ajudar as famílias afetadas pelas chuvas na Bahia

O Grupo Voluntárias Sociais da Bahia está arrecadando alimentos não perecíveis como, por exemplo, água, roupas, materiais de higiene e limpeza na sede da entidade. É possível entregar doações no Palácio da Aclamação (Av. Sete de Setembro, 1.330 - Campo Grande, em Salvador), das 8h às 20h. Informações pelo telefone (71) 3329-5055.

Outro ponto de coleta foi organizado pelo Instituto Liga do Bem Ponto em Salvador para mantimentos e roupas: Rua Manoel Antônio Galvão, 25 - Pituaçu, em Salvador (Bahia). Doações podem ser feitas no Banco do Brasil, agência: 2799-5, Conta: 33713-7 e Pix - CNPJ: 35.759.019/0001-09.

Abaixo, confira 10 pontos de doações em outros municípios:

  1. Itambé - Colégio ACM, Igreja Adventista, Vocacionário e Colégio Polivalente

  2. Ibicuí - Banco do Brasil, agência 1068-5 cc 10327-6 (Igreja Batista de Ibicuí)

  3. Jiquiriçá - Informações pelo telefone (75) 98893.4509

  4. Itabuna - Câmara de Vereadores de Itabuna

  5. Itapetinga - Avenida Luiz Viana Filho, 231 - Secretaria de Desenvolvimento Social

  6. Coaraci - Sede do Ceplac, até as 18h Itacaré - Informações pelo celular (73) 99141-8701

  7. Floresta Azul - Colégios da rede municipal, Igreja Adventista Central e salão paroquial

  8. Mutuípe - Associação Atlética Banco do Brasil, Pix: CNPJ - 13251 780 0001/94

  9. Buerarema - Escola José Nery Constant

  10. Ibicaraí - procurar pela prefeitura

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos