Com câncer, jogador entra em campo aplaudido na Copa da Holanda

·2 min de leitura
Jogadores das duas equipes fizeram um corredor para celebrar a entrada de Devin Plank. Foto: Olaf Kraak ANP/Getty Images
Jogadores das duas equipes fizeram um corredor para celebrar a entrada de Devin Plank. Foto: Olaf Kraak ANP/Getty Images

O jogo válido pelas oitavas de final da Copa da Holanda entre Ajax e Excelsior Maassluis poderia ficar marcado pelo placar. Os donos da casa não perdoaram a equipe da terceira divisão holandesa e aplicaram uma sonora goleada: 9 a 0.

Mas a história que ficou da partida que levou o Ajax às quartas de final da competição foi quando já nos minutos finais da partida, o técnico do Excelsior chamou Devin Plank, um jogador de 20 anos que foi diagnosticado com um tumor maligno há oito meses e está em tratamento quimioterápico.

Leia também:

Ele entrou em campo e jogadores de ambas as equipes então se organizaram para formar um corredor na entrada de Plank e o aplaudiram.

Para ficar à disposição no confronto contra o gigante de Amsterdã, o jogador precisou de uma autorização dos médicos, mesmo que tenha ficado em campo por apenas dois minutos que para ele foram como se fosse o jogo inteiro.

Após o jogo Plank não escondeu a alegria de poder estar em campo, mesmo passando por um momento difícil.

"Estou muito feliz por estar de volta aos campos, mesmo que por pouco tempo. Foi um momento inesquecível, talvez um dos melhores da minha vida", celebrou.

Plank não conseguiu segurar a emoção e chorando fez questão de agradecer ao treinador que deu a oportunidade dele estar em campo.

"Já tínhamos feito quatro alterações e pensei que não ia entrar. Felizmente, o treinador não se esqueceu de mim. Só agora percebo este gesto", finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos