Com cinco casos de febre amarela, Casimiro de Abreu está sem estoque da vacina

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Casimiro de Abreu, município da Baixada Litorânea do Rio, onde foram confirmados cinco casos de febre amarela, está sem estoque da vacina para continuar a imunizar a população contra a doença. As informações são da Agência Brasil.

Até agora foram vacinadas 43.370 pessoas na cidade. Como muitos moradores de cidades próximas procuraram a vacina em Casimiro de Abreu, o volume de doses enviado ao município foi insuficiente.

O distrito de Barra de São João, próximo ao limite de Casimiro de Abreu com os municípios de Cabo Frio e Rio das Ostras, ainda tem muita gente para ser vacinada, já que moradores de cidades vizinhas também foram imunizados.

O secretário de Saúde de Casimiro de Abreu, Ibson Júnior, informa que já solicitou ao governo do Estado mais vacinas e aguarda desde quarta-feira (22) uma nova remessa. Apesar de a secretaria estadual informar que já enviou doses suficientes para vacinar toda a população do município, novas doses serão encaminhadas para compensar os estoques usados por moradores de outras cidades.

Jairo Bochorny, de 68 anos, conhecido como Guila, e Pedro de Oliveira Santos, ambos moradores de Casimiro de Abreu, foram confirmados ontem (23) com febre amarela, depois de passar por exames médicos, que confirmaram o diagnóstico. Com esses casos, sobe para cinco o número de moradores de Casimiro de Abreu infectados pela doença.

Segundo a família, Jairo Bochorny costuma frequentar a região serrana do município. Jairo, que não tem parentesco com as demais pessoas que estão com suspeita da doença, nem com as que tiveram o diagnóstico de febre amarela confirmado, está internado no Hospital dos Servidores do Estado, na capital fluminense. O estado de saúde de Jairo é estável.

Pedro de Oliveira Santos mora no Córrego da Luz. É tio do pedreiro Watila Santos, que morreu no dia 11 deste mês, e sobrinho de Joaquim de Oliveira Santos, que já teve alta e passa bem.

REFORÇO NAS DOSES

A Secretaria estadual de Saúde informou nesta sexta-feira (24) que já encaminhou a 31 municípios doses de vacina contra febre amarela, em quantidade suficiente para vacinar seu público-alvo.

De acordo com o secretário Luiz Antônio Teixeira Jr., a estratégia, a partir deste ponto, é complementar o total de doses de outros 33 municípios, atingindo todas as 64 cidades prioritárias, que foram definidas em função do risco de circulação do vírus e já estão promovendo a imunização de seus habitantes.

“Nossa previsão é que, em um prazo de sete a dez dias, todos os 64 municípios estratégicos deverão ter doses suficientes para imunizar completamente sua população. A partir daí, podemos expandir a vacinação para a capital e região metropolitana, de forma gradativa, visando a imunizar todo o público-alvo do estado até o fim deste ano”, detalhou o secretário.

Além de Casimiro de Abreu, já receberam vacinas em quantidade suficiente para vacinar 100% de seu público-alvo os municípios de Aperibé; Bom Jesus do Itabapoana; Cambuci; Cantagalo; Cardoso Moreira; Carmo; Comendador Levy Gasparian; Conceição de Macabu; Duas Barras; Italva; Itaocara; Itatiaia; Laje do Muriaé; Macuco; Miracema; Natividade; Paty do Alferes; Porciúncula; Quatis; Rio Bonito; Rio das Flores; Santa Maria Madalena; Santo Antônio de Pádua; São José de Ubá; São Sebastião do Alto; Sapucaia; Silva Jardim; Sumidouro; Trajano de Moraes e Varre-Sai.