Com Covid-19, senador Major Olímpio é transferido para UTI

O Globo
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO - O senador Major Olímpio (PSL-SP) foi transferido para a UTI do Hospital São Camilo, em São Paulo, na manhã desta sexta-feira, depois que os médicos verificaram queda na taxa de oxigênio no sangue (saturação) e e a febre aumentou. O parlamentar está internado desde a última terça-feira.

No mesmo dia, o senador informou ter testado positivo para Covid-19 e disse que trabalharia remotamente por 14 dias, respeitando o isolamento. Na quarta-feira, pelo twitter, ele comentou sua internação e disse que o quadro era grave. "Segundo o médico, meu quadro está evoluindo bem apesar da gravidade e tenho fé que em breve estou de volta ao combate!", disse, agradecendo mensagens e orações.

Horas antes, ele havia manifestado solidariedade aos brasileiros. "(...)Juntos vamos vencer. Manos palma contra palma", escreveu.

A família proibiu o hospital de dar informações sobre o estado de saúde dele. A assessoria do parlamentar afirma não saber detalhes da internação.

Além do senador, quatro funcionários do gabinete dele no Senado estão com Covid-19. Um dos assessores está internado em Brasília e a situação é considerada delicada. No Distrito Federal, faltam leitos de UTI.

Esta semana, também anunciaram terem sido diagnosticados com Covid-19 os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Lasier Martins (Podemos-RS). Desde o início da pandemia, dois senadores morreram devido à infecção pelo coronavírus - Arolde de Oliveira (PSD-RJ) e José Maranhão (MDB-PB).