Com dados incompletos há 5 dias, Brasil registra 264 mortes por Covid-19

Evelin Azevedo
·1 minuto de leitura
Gabriel de Paiva / Agência O Globo/18-10-2020
Gabriel de Paiva / Agência O Globo/18-10-2020

RIO — O Brasil registrou nesta segunda-feira 264 mortes por Covid-19, segundo o boletim das 20h do consórcio de veículos de imprensa. O país já perdeu, no total, 162.638 vidas para o novo coronavírus. Nas últimas 24 horas foram contabilizados 15.211 novos casos da doença, elevando para 5.675.766 infectados. A média móvel de mortes ficou em 338.

Desde o dia 4 de novembro, pelo menos uma secretaria estadual de saúde não divulga seus dados completos sobre a Covid-19, como por exemplo, a do Amapá que sofre com um apagão desde o dia 3. A secretaria estadual de saúde de São Paulo também não divulgou dados sobre a doença pelo quarto dia seguido. As secretarias de Minas Gerais e do Rio de Janeiro não divulgaram mortes nesta segunda-feira, alegando problemas no sistema.

A falta de informações afeta diretamente a média móvel que faz uma média entre o número de mortes do dia e dos seis anteriores. Ela é comparada com média de duas semanas atrás para indicar se há tendência de alta, estabilidade ou queda. O cálculo é um recurso estatístico para conseguir enxergar a tendência dos dados abafando o "ruído" causado pelos finais de semana, quando a notificação de mortes se reduz por escassez de funcionários em plantão.

O consórcio de veículos de imprensa é formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo e reúne informações das secretarias estaduais de Saúde divulgadas diariamente até às 20h.

A iniciativa dos veículos da mídia foi criada a partir de inconsistências nos dados apresentados pelo Ministério da Saúde.