Com fim de bloqueios, cidades do interior de SP retomam coleta de lixo

***ARQUIVO***BARUERI, SP, 02.11.2022 - Na Castelo Braco, em Barueri, manifestante com bandeira do Brasil leva criança durante protesto antidemocrático. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)
***ARQUIVO***BARUERI, SP, 02.11.2022 - Na Castelo Braco, em Barueri, manifestante com bandeira do Brasil leva criança durante protesto antidemocrático. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)

CAMPINAS, SP (FOLHAPRESS) - Um grupo de cidades do interior de São Paulo disse nesta quinta-feira (3) que conseguirá retomar a totalidade da coleta de lixo. O serviço na região estava ameaçado devido aos bloqueios ilegais em rodovias feitos por apoiadores de Jair Bolsonaro (PL), o que dificultava a circulação do material.

A Prefeitura de Amparo (90 km ao norte da capital paulista) chegou a anunciar a suspensão da coleta de lixo em todo o município, incluindo o resíduo hospitalar, a partir desta quinta. Mas conseguiu contornar a situação com uma parceria com a cidade de Itapira.

Amparo mantém um ponto de transbordo no qual municípios da região -Águas de Lindóia, Monte Alegre do Sul, Serra Negra, Tuiuti, Morungaba, Vargem, Pinhalzinho e Toledo (esta em Minas Gerais)- depositam seus resíduos.

Desse ponto, o lixo é enviado para o aterro de Paulínia.

Esses municípios integram o Cisbra (Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico da Região do Circuito das Águas). De acordo com a Prefeitura de Amparo, todos eles precisariam suspender a coleta de lixo porque o transbordo que recebe os resíduos atingiu o limite da capacidade durante os três dias de bloqueio das rodovias, já que não foi possível levar o material para Paulínia.

"O transbordo já não tinha mais capacidade e tinha atingido o limite de capacidade de operação", informou a gestão municipal.

Em reunião na quarta-feira (2) entre as cidades que usam o transbordo, foi feita uma parceria com Itapira para que ela receba a maior parte do lixo dos municípios do consórcio quinta e sexta (4) -apenas Vargem e Toledo vão concentrar seus resíduos em Socorro nesses dois dias.

"Com a parceria, a coleta de lixo nesses municípios foi normalizada nesta quinta-feira. Devido à distância ser maior, o serviço pode registrar algum atraso nestes dois dias", informou a Prefeitura de Amparo.

A partir de sábado (5), os resíduos voltam a ser levados para o transbordo de Amparo, que deverá estar com a capacidade de operação normalizada, segundo a gestão municipal.