Com Flu fora, Ganso lamenta por jogo de ida: 'Gol no Maracanã foi a chave'

Cara feia: Ganso saiu do banco em eliminação do Fluminense (Foto: JAVIER TORRES / AFP)


O Fluminense não conseguiu sair do 0 a 0 com o Unión Calera nesta terça-feira, no Chile, e está fora da Copa Sul-Americana. A equipe classificada levava vantagem devido ao gol marcado no primeiro jogo do confronto, o empate em 1 a 1 no Maracanã, há duas semanas.

Em entrevista à beira do campo após a eliminação, Paulo Henrique Ganso reproduziu aquele que deve ser o pensamento de boa parte da torcida tricolor. Para o camisa 10, que substituiu Marcos Paulo no segundo tempo em La Calera, foi justamente o jogo de ida, no Rio de Janeiro, o duelo decisivo para o avanço dos chilenos na Sul-Americana.

- Na primeira fase a gente sabia que ia encontrar um time forte. Pecamos no jogo em casa e perdemos a nossa classificação. O gol que eles fizeram no Maracanã foi a chave para poderem sair daqui com a vaga - opinou Ganso.

O resultado contra a equipe chilena completa uma período de pesadelos para o Tricolor. Isto porque, na última quarta-feira, a equipe de Odair Hellmann caiu para o Flamengo na Taça Guanabara e amargou o que seria a primeira eliminação da semana.

O Fluminense, ao menos, terá tempo para assimilar o golpe. A equipe carioca volta a campo somente no dia 26 de fevereiro, uma quarta-feira, para enfrentar o Moto Club-MA ainda pela primeira fase da Copa do Brasil.