Com mais de 500 mil seguidores, redes de perfis falsos aplicam golpe de clonagem de cartão e Pix, alerta empresa de segurança digital

·1 min de leitura

O laboratório especializado em cibersegurança da PSafe (dfndr lab) identificou uma rede de perfis falsos com mais de mil contas utilizadas para aplicar e disseminar golpes financeiros. As contas criadas no Twitter, Facebook, TikTok, Instagram e no aplicativo de mensagens Telegram reúnem mais de 500 mil seguidores, somados todos os perfis.

De acordo com a empresa de segurança digital, por meio destas páginas são aplicados diversos golpes, entre eles a venda de dados de cartões de crédito clonados, falsa promessa de transferência via Pix em que uma pessoa transfere uma quantia para o golpista e ele promete retornar um valor até 15 vezes maior, venda de logins de assinatura de serviço de streaming de terceiros, entre outros.

— Apesar de não podermos afirmar que todos estes perfis falsos possuem ligação entre eles, identificamos que há muitos relacionados: mesmo nome, modificando apenas um número no final, imagens e mensagens parecidas, e há muitos links em sequência — explica o CEO da PSafe, Marco DeMello.

Sem saber que estão caindo em um golpe, muitas pessoas se deixam levar pela falsa promessa de uma lucratividade alta e imediata, e tornam-se novas vítimas, nformando seus dados pessoais e bancários.

Confira como evitar

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos