Com 95% das urnas apuradas, Lula tem 47% e Bolsonaro 43%

Com 95,04% das urnas apuradas, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece na frente com 47,63% dos votos nas Eleições presidenciais, seguido pelo atual presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL), que tem 43,88%.

Simone Tebet (MDB), que aparecia em quarto lugar nas pesquisas, está com 4,24% dos votos. Ciro Gomes (PDT) ficou atrás, com 3,06%.

Na pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (1º), véspera do 1º turno, apareceu ainda uma vantagem de Lula na corrida eleitoral à presidência da República. O petista estava com os mesmos 50% dos votos válidos. Já Bolsonaro tinha 36% também em votos válidos.

Diante desse quadro, segundo o Datafolha, não é possível afirmar se a eleição será decidida no primeiro turno.

Eleições 2022: Como foi até aqui a campanha de Bolsonaro (PL) à presidência

Jair Bolsonaro nasceu em Glicério, a cerca de 480 km da capital paulista, com ascendência italiana e alemã. Entrou no Exército e cursou a Academia das Agulhas Negras, visando a formação de oficiais. Chegou a capitão com carreira não exatamente brilhante, de acordo com superiores, e teve problemas disciplinares.

A ruptura ocorreu em 1986, quando escreveu artigo reclamando do salário e, no ano seguinte, foi acusado de planejar atentados em quartéis para pressionar por melhores soldos. A trama nunca se confirmou, mas Bolsonaro caiu em desgraça e pediu para sair, após ser absolvido pela Justiça Militar dois anos depois.

Sua vida parlamentar começou em 1989, como vereador no Rio, e depois, deputado federal, ocupando o cargo por 28 anos. Em 2018, concorreu à Presidência da República, e depois de uma facada que quase o matou, foi eleito.

Bolsonaro propõe a potencialização dos mecanismos de uso de armas de fogo pela população, além de também manter o Auxílio Brasil em R$ 600 em 2023 e proteger os cidadãos com valores tradicionais, como Deus, pátria, família, vida e liberdade.

Na economia, o atual mandatário promete ampliar as privatizações, a exemplo da desestatização da Eletrobras. Também sugere esforços para corrigir a tabela do Imposto de Renda e pretende avançar com nova legislação para facilitar contratações e desburocratização de normas para abrir empresas.

Eleições 2022: Como foi até aqui a campanha de Lula (PT) à presidência

Nascido em Garanhuns, a 230 km do Recife, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi ainda criança morar em São Paulo com a família. Fez um curso de tornearia mecânica em um Senai, sem completar o ensino médio. No trabalho, encontrou a política por meio da sindicalização, em um momento de enfraquecimento da ditadura militar e com o movimento Diretas Já.

Foi constituinte e elegeu-se presidente em 2002, reeleito em 2006. Após passar a faixa para Dilma Rousseff (PT), viu os protestos de 2013, o impeachment de sua sucessora e a Operação Lava Jato, que o prendeu em 2018. Com o STF (Supremo Tribunal Federal) considerando seu julgamento parcial, concorre novamente ao Executivo.

Entre as principais propostas de Lula estão a volta da política de aumento real do salário mínimo, o fortalecimento de empresas estatais e o enfrentamento à pobreza e à fome, além de manter o Auxílio Brasil em R$ 600.

No campo econômico, o petista defende a mudança da política de preços da Petrobras, que hoje é associada ao preço internacional do petróleo e gás, baseado em dólar. Também pretende revogar o teto de gastos e revisar a reforma trabalhista.