Com medidas contra Covid-19, Flamengo inicia venda de ingressos para jogo em Brasília

·1 minuto de leitura

O jogo de volta entre Flamengo e Defensa y Justicia, na próxima quarta-feira, 21, teve a venda de ingressos iniciadas. Válida pelas oitavas de final da Libertadores, as circunstâncias ao redor da partida foram constantemente alteradas.

Programada para ocorrer no Maracanã, no Rio, o rubro-negro carioca solicitou à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) a presença de público no estádio e a pasta, por sua vez, mostrou receio.

Paralelo a isso, o clube também recorreu ao governo do Distrito Federal, para uma transferência ao Mané Garrincha, em Brasília, com o mesmo pedido em relação à torcida. O governo autorizou 25% da capacidade máxima do espaço – quantidade correspondente a aproximadamente 17.5 mil pessoas –, mas com a obrigatoriedade de o indivíduo estar completamente vacinado e apresentar um teste PCR com o diagnóstico negativo, além dos protocolos já conhecidos, como uso de máscara e distanciamento social.

Porém, na noite da última sexta-feira, 16, o governo do DF atualizou o decreto publicado anteriormente e colocou como condição para presença no jogo a imunização completa ou a presença do teste, não mais ambos como requisitos obrigatórios.

Neste sábado, o Flamengo começou a venda, feitas exclusivamente pela internet, por volta das 15h.

“Para efetuar a compra do ingresso, o torcedor deverá ter tomado as duas doses de uma das vacinas disponíveis e aprovadas em território nacional, ou a dose única, nos casos indicados pelo fabricante, até o dia 06/07/2021, ou deverá apresentar resultado negativo (não reagente) do exame RT-PCR, realizado a partir das 21h00 de segunda-feira, dia 19/07. Os vacinados ocuparão o setor LESTE INFERIOR. Já aqueles que apresentarem exame RT-PCR ficarão nos demais setores do estádio”, divulgou o clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos