Com moeda social, Niterói terá programa permanente de transferência de renda a partir de outubro

·2 minuto de leitura

NITERÓI — Os programas sociais financiados pela prefeitura de Niterói serão prorrogados por mais dois meses. Em substituição, a partir de outubro, entra em vigor a moeda social Araribóia, proposta pelo Executivo e aprovada pela Câmara na quarta-feira. Durante transmissão ao vivo nas redes sociais, nesta quinta, o prefeito Axel Grael disse que o município vai superar, este mês, a marca de R$ 1 bilhão investidos nesse apoio a famílias e empresas da cidade nos últimos 16 meses.

De acordo com o prefeito, Niterói vai migrar de um programa social temporário, o Renda Básica Temporária, para um sistema permanente, que vai continuar apoiando aproximadamente 27 mil famílias.

— Desde março do ano passado, Niterói se preocupou muito em salvar vidas, mas também começamos programas de apoio às famílias que mais precisavam de ajuda, assim como as empresas. Criamos renda básica temporária, busca ativa. Estamos substituindo um programa de renda temporária por um programa permanente e o impacto dessa moeda social na economia será muito maior. A cidade já começa a se preparar para a retomada da economia e do emprego e estamos nos preparando para que essa retomada aconteça da melhor forma — declarou.

Ao anunciar que a cidade vai superar, em julho, a marca de R$ 1 bilhão investidos nesse apoio dado nos últimos 16 meses, Grael fez um comparativo com outras cidades do país:

— Para se ter uma ideia, Niterói investiu quase R$ 800 por habitante nesses programas. A segunda cidade que mais investiu nessas ações no país foi Manaus, R$ 45 por habitante; e depois São Paulo, R$ 44.

Indicador síntese em queda

Em queda nas últimas semanas, o indicador síntese — conjunto de indicadores que orienta ações da cidade no combate à Covid-19 — caiu ainda mais nesta semana, chegando a 6,5 pontos, ainda no nível Amarelo 2.

— Há muito tempo nosso indicador síntese não atingia uma taxa tão favorável e isso mostra que as pessoas estão colaborando muito. Isso foi possível porque reduzimos a taxa de ocupação hospitalar e de novos casos, mas é importante que a população persista com o distanciamento e uso correto de máscara — destacou a subsecretária municipal de Saúde, Camila Franco.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos