Com moto-som, moradores de comunidade no Recife alertam sobre prevenção à Covid-19

Lives e bazar também estão entre as ações promovidas para prevenção da disseminação do vírus na comunidade do Ibura, na Zona Sul da capital de Pernambuco. Foto: Junior Silva

Texto: Flávia Ribeiro Edição: Nataly Simões

É por meio de uma moto-som que muitos moradores da comunidade Três Carneiros, no bairro do Ibura, Zona Sul do Recife, são informados sobre as maneiras de se prevenir contra a Covid-19, o novo coronavírus. A associação de moradores ainda promove outras ações como transmissões ao vivo pela internet, vídeos, distribuição de cestas de alimentos e bazares solidários. 

“Como moramos em becos, vielas e corredores, é necessário usar a moto porque o carro-som só ficaria na avenida”, comenta Levi Costa, presidente da associação.

Costa afirma que a associação já promovia ações antes da pandemia, mas que foi necessário ampliar a atuação. Segundo a Secretaria de Saúde de Pernambuco, o estado possui mais de 83 mil infectados pelo vírus e mais de 6.200 mortos em decorrência das complicações da contaminação.

“O poder público já estava ausente e permanece nessa pandemia. Então, nada melhor do que nos fortalecermos e nos organizarmos entre a comunidade, com os parceiros para entrega de cestas básicas, informativos, aproveitamos os artistas da localidade para fazer gaffitti nos corredores e em vários lugares e conseguimos mais apoio para as ações”, explica.

A associação de moradores recebeu apoio da Frente Favela Brasil e da Central Única de Favelas (Cufa). A associação, que abrange cerca de 30 mil habitantes do bairro de Ibura, foi criada em 1980 e passou mais de 20 anos fechada. A nova diretoria assumiu em 2015 e já vinha promovendo atividades culturais, ações nas escolas, entre outras iniciativas.

“Agora, estamos planejando um jardim comunitário para deixar o ambiente mais arejado. Temos um lavatório no terminal, que recebemos do Ministério Público, também temos álcool gel e na localidade só pode entrar de máscara. Recebemos 1.500 máscaras e estamos distribuindo no terminal e na comunidade. Estamos pleiteando a organização territorial e em parceria com a comunidade”, enfatiza Costa.

Nosso objetivo é criar um local seguro e atraente para os usuários se conectarem a interesses e paixões. Para melhorar a experiência de nossa comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários dos artigos.