Com o apoio de LeBron James, Naomi Osaka lança produtora de filmes e séries de TV

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Atleta feminina mais bem paga do mundo, quatro vezes campeã de torneios Grand Slam, símbolo de renovação no Japão e inspiração para jovens de todo o mundo pela maneira como lidou com problemas de saúde mental e por seu apoio ao Black Lives Matter, a tenista Naomi Osaka vai entrar em um novo negócio: Hollywood.

E com o apoio de ninguém menos do que LeBron James, o astro da NBA.

Linha de brinquedos: Tenista Naomi Osaka ganha sua própria linha de bonecas Barbie

'Sou morena': Diz tenista Naomi Osaka sobre polêmica com propaganda de miojo

Osaka já é dona de uma marca de produtos para a pele, a Kinlò, vendida em mais de 3 mil lojas da Walmart. Lançou recentemente uma empresa para agenciar atletas. E, no ano passado, faturou em todas as suas atividades US$ 57 milhões, a maior parte em patrocínio de marcas como Nike, Mastercard, Louis Vuitton e Panasonic.

Aos 24 anos, ela acaba de lançar a produtora e empresa de mídia Hana Kuma, nome que em japonês significa “urso de flores”, em tradução livre. A empresa é uma parceria com a SpringHill, empresa de entretenimento e marketing fundada pelo astro do basquete LeBron James.

Bolsdonaro: Após prisão, presidente muda tom sobre Milton Ribeiro: 'Ele que responda pelos atos dele'

Em entrevista ao New York Times, Osaka explicou que a Hana Kuma terá séries de TV, documentários, animes e conteúdos patrocinados (projetos de entretenimento que são conjugados com publicidade).

– Não sei dizer ainda se eu participarei de algum desses programas. Mas o que me empolga é poder inspirar as pessoas e contar novas histórias, sobretudo histórias que eu gostaria de ver quando era criança. Eu sempre quis ver pessoas como eu – afirma Osaka, que é negra e tem mãe japonesa e pai haitiano.

Tsitsipas: Naomi Osaka responde tenista grego sobre igualdade em premiações no tênis: ‘A ideia não deve sair da boca de um homem’

É esperado que o conteúdo oferecido pela Hana Kuna reflita muito da visão de mundo de Osaka. A tenista tem sido uma voz ativa em temas sensíveis, que muitas vezes os atletas de elite tentam evitar. Ela foi uma das primeiras apoiadoras do Black Lives Matter.

E, no ano passado, abriu uma discussão global sobre depressão e saúde mental nos esportes após desistir de competir no Aberto da França, alegando que seu bem-estar era prioridade. Na ocasião, ela tornou pública a informação de que enfrentava episódios de depressão e crises de ansiedade.

Sua franqueza angariou fãs bem além dos esportes, sobretudo entre o público jovem, tornando a atleta o sonho de consumo dos patrocinadores, mesmo não estando numa boa fase no tênis. No mês passado, ela perdeu na primeira rodada do Aberto da França. E, no último sábado, postou numa rede social que não disputaria Wimbledon este ano devido a uma lesão no tendão de Aquiles.

Um dos projetos em desenvolvimento na Hana Kuna envolve culinária haitiana:

- Eu adoro programas de comida, competições de culinária, adoro cozinhar – diz Osaka.

Mas o primeiro programa com a marca Hana Kuna será um documentário em parceria com o New York Times sobre Patsy Mink, a primeira negra eleita para o Congresso americano. A produtora também está trabalhando em um documentário para o Epix, canal de TV a cabo premium da Amazon.

O SpringHill de LeBron James vai financiar, trabalhar em parcerias e ajudar nas operações da Hana Kuna. Criada em 2020, a empresa tem hoje quase 200 funcionários e foi recentemente avaliada em US$ 725 milhões. O Spring Hill oferece consultoria de marketing, tem uma divisão de vestuário esportivo e uma unidade de produção de filmes e séries de TV, além de atuar na promoção de eventos.

O objetivo do SpringHill é buscar parcerias, como a feita com a Hana Kuna, com outros atletas que também tenham apelo global como Osaka.

- Vamos fazer mais no futuro – adianta Maverick Carter, sócio de LeBron James no SpringHill, acrescentando que já há conversas em andamento com outros astros dos esportes.

Carter acrescenta que a Hana Kuna tem ainda um apelo de inovação, que a diferencia de estúdios tradicionais. E cita a recente contratação da empresa pela FTX, uma corretora de criptoativos, para a produção de conteúdos patrocinados.

Para LeBron James, a “força e graciosidade” de Osaka, dentro e fora das quadras, fez da atleta uma parceira pefeita para a SpringHill, já que a empresa busca “empoderar a criação de atletas”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos