Com peso de juros nos EUA, Ibovespa tem maior queda desde novembro e fecha pior semana em 6 meses

·1 min de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa brasileira desabou nesta sexta-feira, acompanhando desempenho em Wall Street e refletindo o tombo da véspera nos mercados norte-americanos, quando a B3 fechou para feriado, diante de perspectiva de um aperto monetário mais agressivo nos Estados Unidos.

Vale, Petrobras e bancos, ativos com maior peso no índice, foram as principais influências para a baixa. Copel foi a única alta do índice.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa caiu 3,14%, a 110.755,74 pontos, o que seria o menor nível de fechamento desde 15 de março e a menor baixa diária desde 26 de novembro. O índice acumula cinco pregões consecutivos de queda. O volume financeiro foi de 25,2 bilhões de reais.

Na semana, também segundo dados preliminares, o índice caiu 4,67%, o recuo mais intenso desde a semana encerrada em 22 de outubro. Trata-se da terceira baixa semanal seguida.

(Por Andre Romani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos