Com presença de Bolsonaro, Anatel abre leilão do 5G no Brasil

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
O presidente Jair Bolsonaro participou do evento (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
O presidente Jair Bolsonaro participou do evento (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
  • Leilão do 5G teve início nesta quinta-feira (4) na sede da Anatel, em Brasília

  • Previsão é a de que dure até sexta-feira (5)

  • O valor estimado é de R$50 bilhões

O leilão do 5G teve início nesta quinta-feira (4) na sede da Anatel, em Brasília, e a previsão é a de que dure até sexta-feira (5).

O presidente Jair Bolsonaro participou da cerimônia de abertura juntamente com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, além de outros integrantes do governo federal.

Em seu discurso, Faria destacou o valor estimado do leilão. "R$50 bilhões é o valor que está estimado pela Anatel sendo que R$40 bilhões irão para investimentos e R$10 bilhões irão para o Tesouro", destacou.

Saiba mais sobre o que é o leilão do 5G

De acordo com a Anatel, esta é a maior oferta para expedição de Autorizações para Uso de Radiofrequências nas faixas de 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz, com possibilidade de outorga do Serviço Móvel Pessoal.

O edital foi aprovado pelo Conselho Diretor da Agência em reunião realizada no dia 24 de setembro de 2021.

Ainda de acordo com a Anatel, "com essa nova tecnologia, as comunicações terão capacidade para transmissão de altas taxas de dados e em baixa latência, com segurança e confiabilidade".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos