Com restrições, inscrição do FIES pode ser feita até 30/4; veja como

Inscrição Fies

O FIES é o Fundo de Financiamento Estudantil, um programa do Governo Federal que concede empréstimos a juros baixos (3,4% ao ano) para estudantes de faculdades particulares. Criado para facilitar o acesso ao ensino superior de pessoas que não têm condições de pagar as mensalidades de instituições privadas de ensino superior, o FIES já beneficiou mais de 1,5 milhão de estudantes de todo o Brasil.

 As inscrições do FIES 2015 devem ser feitas até o dia 30 de abril.

Saiba tudo o que você precisa fazer para se inscrever no FIES 2015 e conseguir um financiamento!

FIES 2015: Inscrição

A inscrição para o FIES 2015 deve ser feita na página oficial do programa na internet, o SisFIES. Confira o passo a passo:

Passo 1 - Cadastro no Sistema do FIES 2015

Entre no site do SisFIES. Clique em “Primeiro Acesso” Preencha as informações solicitadas e envie.

Passo 2 - Entrada no Sistema do FIES 2015

Acesse novamente o site do SisFIES. Digite seu CPF. Digite sua senha de acesso. Digite os números e letras que aparecem na imagem. Clique em “Entrar”.

Passo 3 - Preenchimento das informações para o FIES 2015

Siga as orientações da tela e preencha todas as informações solicitadas. Você pode fazer uma simulação de seu financiamento antes de salvar as informações. Confirme sua inscrição no FIES 2015.

Passo 4 - Documentação na faculdade para o FIES 2015

Com sua confirmação de inscrição em mãos, vá até o departamento responsável pelo FIES na faculdade onde você está matriculado. Normalmente esse departamento é chamado de Comissão de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Lá, além de verificar a documentação, você receberá um documento comprovando que está regularmente matriculado naquela instituição. Você tem dez dias corridos para fazer isso, contados a partir do dia seguinte ao que confirmou a inscrição no site do FIES.

Passo 5 - Contratação do FIES 2015 no banco

Leve o documento de comprovação de matrícula e toda a documentação necessária na agência bancária que você definiu durante a inscrição para o FIES. A documentação para contratar o financiamento fica disponível no site do FIES. Você tem dez dias corridos para assinar o contrato de financiamento no banco, contados a partir do terceiro dia útil após o recebimento do documento de regularidade de matrícula.


O FIES pode financiar 50%, 75% ou 100% da mensalidade, dependendo da renda do estudante e do comprometimento dessa renda com os custos da faculdade.

Novas regras para participar do FIES 2015

A partir de 2015, quem quiser pedir um financiamento do FIES deve redobrar a atenção ao verificar se cumpre todos os requisitos para participar do programa. É que agora, além de ter feito o Enem, os candidatos que se formaram no ensino médio em 2010 ou depois disso precisam ter uma pontuação mínima no exame.

Para participar do FIES, você deve: 

Estar matriculado em curso superior de graduação presencial em faculdade participante do Programa. Ter renda familiar bruta mensal de no máximo 20 salários mínimos. Ter feito o Enem, com pelo menos 450 pontos de média nas provas e nota maior do que zero na redação (para quem concluiu o ensino médio a partir de 2010). Ter um comprometimento da renda familiar bruta mensal de pelo menos 20% com a mensalidade da faculdade.


Estudantes que já foram beneficiados pelo FIES alguma vez não podem voltar utilizar o financiamento.

Professores da rede pública, no efetivo exercício do magistério, que solicitam o FIES para pagar cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia ficam dispensados da exigência do Enem.

As etapas do FIES 2015

O FIES funciona em três etapas:

Etapa 1
Desde quando consegue o financiamento até se formar na faculdade, o estudante beneficiado pelo FIES só precisa pagar o valor referente aos juros do empréstimo, em parcelas de no máximo R$ 50,00 a cada três meses. É a chamada fase de utilização.

Etapa 2
Quando termina o curso financiado pelo FIES, o estudante entra na chamada fase de carência e tem um ano e meio para se organizar financeiramente antes de começar a pagar a dívida. Enquanto isso, continua a cumprir os pagamentos trimestrais de no máximo R$ 50,00, referentes aos juros do financiamento.

Etapa 3
Somente um ano e meio depois de se formar é que o estudante começa a pagar a dívida do FIES propriamente dita, a fase de amortização. Esse valor pode ser dividido em parcelas mensais e o prazo para terminar de pagar é de três vezes a duração do curso financiado, mais um ano. Sendo assim, se financiou 4 anos de curso, o estudante terá 13 anos para terminar de pagar o empréstimo do FIES. 


Faculdades que participam do FIES 2015

Para descobrir se a sua universidade participa do FIES, acesse o site do FIES e clique no item “Consulta de Cursos e Instituições”. Ali você pode selecionar os filtros de busca por Estado (UF), Município, Instituição e Local de Oferta. Ao clicar no botão “Pesquisar”, aparece uma lista com os resultados.

Em 2015, o MEC anunciou que vai priorizar critérios de qualidade, distribuição regional e disponibilidade de recursos para liberar os financiamentos. Para os cursos com nota máxima (5),  todos os candidatos ao FIES que se enquadrarem nos requisitos receberão o financiamento. Nos cursos com notas 3 e 4 são considerados alguns aspectos regionais, como graduações e localidades que historicamente foram menos atendidos.

Isso significa que quanto maior a nota do curso, mais chances você tem de conseguir o FIES. Veja alguns exemplos de faculdades que participam do FIES e obtiveram nota 5 em pelo menos um dos conceitos avaliados pelo MEC (Conceito do Curso, Conceito Preliminar do Curso e Enade).

*Informações atualizadas em março de 2015.