Com ruas cheias e trio elétrico, torcida do Flamengo transforma Rio em carnaval em festa do título da Libertadores

Mesmo com o intervalo de 15 dias depois de conquistar sua terceira Libertadores da América, o Flamengo ainda está em ritmo de festa. Com as ruas cheias e um trio elétrico com jogadores, dirigentes e comissão técnica, a torcida rubro-negra transformou o Centro do Rio de Janeiro em Carnaval fora de época na comemoraçao do título.

O hino do clube era tocado em ritmo de axé e funk, com músicas da torcida, faixas, bandeiras e até um boneco gigante do ídolo Gabigol. No trio, o agora camisa 10 do Fla, sem camisa e grudado na taça, regia a multidão.

Muita gente saiu de casa cedinho para acompanhar seus ídolos. Com a final em Guayaquil, restou aos torcedores populares a festa no aeroporto e no centro da cidade. E não faltou animação. Desde as 5h da manhã que a torcida já ia às ruas. O sistema de som foi desligado várias vezes com a torcida a cantar alto pelas ruas do Rio.