Com salário de R$ 120 mil, goleiro do Flamengo Hugo Souza pede gratuidade em processo por dívida de R$ 300 mil

Com salário de cerca de R$ 120 mil por mês, o goleiro do Flamengo, Hugo Souza, está pedindo gratuidade na Justiça para responder ao processo movido pelo advogado Frederico Rosa Pinheiro, de quem comprou uma casa no Recreio dos Bandeirantes, em 2021. O problema é que o reserva rubro-negro não pagou a ele uma dívida de R$ 300 mil.

A casa, localizada no condomínio Maramar, na Zona Oeste do Rio, foi adquirida no valor de R$ 3 milhões. Hugo financiou uma parte e a outra negociou para pagar parcelado, mas não teria honrado com a quitação.

O processo corre na 6ª Vara Cível, na Barra da Tijuca, e o antigo proprietário está pedindo a penhora dos bens do jogador. O problema é que Hugo já vendeu a casa, repassando assim o financiamento.

Antes de se mudar para o imóvel em questão, Hugo fez uma reforma, que incluiu a colocação de um elevador para que a mãe dele, Rosilene Souza, evitasse subir escadas.

A situação dele no time da Gávea ainda é incerta. Ele entrou na mira de times estrangeiros como o Estoril, de Portugal, e o Kobe, do Japão, além de ter correndo por fora o holandês AZ Alkmaar. Hugo deve jogar em algum deles a título de empréstimo pelo Flamengo, com o qual tem contrato até 2024.