Com salário de R$ 40 mil no SBT, Moacyr Franco diz que valor era 'insignificante'

1 / 1

Com salário de R$ 40 mil no SBT, Moacyr Franco diz que valor era 'insignificante'

Com salário de R$ 40 mil no SBT, Moacyr Franco diz que valor era 'insignificante'

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Moacyr Franco, 81, falou pela primeira vez sobre sua demissão do SBT nesta quarta (22). Segundo o ator, a notícia o pegou de surpresa. "É verdade, fui demitido, sim. Estranhei um pouquinho porque meu salário era tão insignificante", disse em vídeo divulgado em seu canal no YouTube.

"Não tem nem como aceitar a brincadeira de que meu salário comprometia o dos colegas. Eu ganhava R$ 40 mil no SBT. É um salário de quem quer trabalhar", afirmou.

Desde a semana passada, a emissora de Silvio Santos iniciou uma série de cortes que também atingiram os atores Carlinhos Aguiar e Jean Paulo Campos, o Cirillo da segunda versão da novela infantil "Carrossel".

De acordo com Franco, que afirma não ter "nada a reclamar do SBT", as demissões são "em nome da economia". "Eu tive o salário reduzido há uns cinco ou seis anos. Fiquei só com 30%. Concordei porque a gente tem que jogar junto o jogo."

No vídeo, Franco também nega "que tenha boatos de que apresentadores ganham milhões".

Após a demissão, Franco, cujo último trabalho no SBT foi no humorístico "A Praça É Nossa", apresentado por Carlos Alberto de Nóbrega, seguirá fazendo shows e se apresentando sozinho pelo país. "Me considero um veterano com fôlego suficiente para ficar muito tempo ainda trabalhando."