Com vaias e palavras de ordem, manifestantes bolsonaristas pedem saída de Pacheco

·1 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP, BRASIL, 07-09-2021: Manifestação em apoio ao presidente Jair Messias Bolsonaro, na Avenida Paulista. (Foto: Bruno Santos/ Folhapress)
SÃO PAULO, SP, BRASIL, 07-09-2021: Manifestação em apoio ao presidente Jair Messias Bolsonaro, na Avenida Paulista. (Foto: Bruno Santos/ Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), virou alvo de Tomé Abduch, líder do movimento Nas Ruas, uma das abelhas-rainhas do ato a favor do presidente Jair Bolsonaro em São Paulo.

Abduch sugeriu puxar um coro de "fora, Pacheco" e disse que ele estava parecendo o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia, um desafeto declarado de Bolsonaro.

Pacheco vem sendo um empecilho para pautas bolsonaristas no Congresso. A multidão o vaiou ao ser provocada pelo ativista, que falou no trio onde o pastor Silas Malafaia falou pouco antes. Abduch saudou o "povo cristão" que compareceu no protesto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos