Com variante delta, Rússia registra recorde de 820 mortos por Covid

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com o avanço da variante delta do coronavírus, a Rússia passa por sua pior fase na pandemia da Covid-19 e bateu novo recorde de mortos pela doença.

Nesta quinta-feira (26), segundo números oficiais do governo, foram registradas 820 novas mortes no país, que enfrenta a terceira onda da doença.

A primeira, com pico em junho do ano passado, teve em seus piores momentos cerca de 175 mortos por dia. Na segunda, com auge entre dezembro e janeiro, registrou média de 550 mortes por dia próximo à virada do ano.

Agora, com o avanço de variantes mais transmissíveis e que reduzem a eficácia das vacinas, o país enfrenta alta constante desde o fim de junho.

A vacinação no país é baixa. Apenas 24% da população está completamente imunizada contra a doença, e 5% tomou uma dose.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos