Combates intensificam-se em Severodonetsk e Lysychank

Severodonetsk e Lysychank, cidades-chave na região do Donbass, no leste do país, continuam a ser palco de intensos combates entre russos e ucranianos. Os bombardeamentos são constantes e a destruição é visível.

Volodymyr Prykhodko, residente local, explicou, em entrevista, o quão emocionado se sente com a guerra e menciona que foi aqui que cresceu. Volodymyr diz que é difícil falar sobre o assunto, que é uma pena tudo o que está a acontecer e confessa que chorou no dia anterior.

Em Lysychank, os soldados ucranianos preparam-se para o início dos combates de rua, depois da cidade ter sido atingida esta sexta-feira por um míssil russo, que provocou pelo menos 4 mortos. Na quinta-feira, um ataque destruiu a casa da cultura.

Na frente de combate, as forças ucranianas continuam com problemas de defesa na região do Donbass, controlada por separatistas pró-russos desde 2014.

A ONU afirmou na sexta-feira que a situação humanitária em toda a Ucrânia e, em particular no Donbass é "extremamente alarmante" e continua a evoluir rapidamente.

Em Bucha, dezenas de civis ucranianos estão a receber treino militar para ajudar a defender o país, invadido pela Rússia há 115 dias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos