Começa a desmobilização do acampamento no Rio de Janeiro

Apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro, que estão acampados na Praça Duque de Caxias, em frente ao prédio do Comando Militar do Leste, na Central do Brasil, começaram a retirar suas faixas e pertences do local.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou na madrugada desta segunda-feira a "desocupação e dissolução total" em 24 horas dos acampamentos realizados nas "imediações dos quartéis generais e outras unidades militares para a prática de atos antidemocráticos" e a prisão em flagrante de seus participantes "pela prática dos crimes de atos terroristas, inclusive preparatórios".