Começa em Belarus julgamento à revelia da opositora Tikhanovskaya

O julgamento à revelia da opositora bielorrussa Svetlana Tikhanovskaya começou nesta terça-feira (17) em Minsk, informou a agência de notícias oficial Belta.

Julgada junto com outros quatro opositores, também exilados, Tikhanovskaya, de 40 anos, é acusada de uma dezena de crimes, incluindo alta traição e "conspiração para tomar o poder de forma inconstitucional".

A opositora afirmou na segunda-feira em Davos, na Suíça, que o julgamento é uma "farsa" e uma "vingança" do presidente Alexander Lukashenko.

"É um espetáculo, é uma farsa, não tem nada a ver com justiça", denunciou a opositora exilada na Lituânia, que participa do Fórum Econômico Mundial em Davos.

bur/zm/es/aa