Comedor campeão de hot dog briga com ativistas veganos por uso de salsicha nos EUA

O americano Joey Chestnut venceu pela 16ª vez a competição Nathan's Famous, em que os competidores disputam para ver quem come mais cachorros-quentes. Ele ingeriu 63 unidades em cerca de 10 minutos, 15 a mais do que o segundo colocado. Ele chegou a ser interrompido por um grupo de ativistas dos direitos dos animais que invadiram o palco onde a disputa acontecia.

Nelson Piquet: Entidades entram com ação por falas racistas e homofóbicas sobre Hamilton

Crime: Americano de origem brasileira é preso por tráfico de imigrantes ilegais para os Estados Unidos

Veja o momento abaixo:

Os manifestantes foram ao local protestar contra a Smithfield Foods, empresa dona da rede Nathan's Famous e uma grande fornecedora de carne de porco.

Os ativistas estavam vestidos com máscaras de personagens da série Star Wars. Em seus cartazes, lia-se "Denunciar a Estrela da Morte da Smithfield". O momento também pode ser visto de outro ângulo:

Segundo os organizadores, donos de uma rede de fast food especializada em cachorros-quentes, o evento acontece anualmente desde 1916, no dia 4 de julho, em Coney Island. Chestnut é um dos maiores vencedores da competição, sendo invicto na disputa há sete edições. Ele foi derrotado pela última vez em 2015.

Chestnut chamou atenção ao chegar no evento lesionado, de muletas e com seu pé direito engessado. O momento em que ele venceu mais uma vez a competição, levando para casa o "Cinturão de Mostarda", foi registrado em vídeo e pode ser visto abaixo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos