Comemorado neste sábado, Dia do Circo movimenta o fim de semana com filmes, espetáculos e oficinas on-line

Luana Santiago
·4 minuto de leitura

A necessidade de isolamento e distanciamento social esvaziou os picadeiros temporariamente. Isso não significa, entretanto, que os shows de luzes, cores, música, dança e humor pararam. Assim como cantores e atores recorreram às lives para continuar trabalhando durante a pandemia de Covid-19, artistas circenses levaram seus espetáculos para a web, e, neste sábado, celebram virtualmente o Dia do Circo (veja abaixo uma lista de eventos para acompanhar sem sair de casa).

— Não vai ser a comemoração ideal porque queríamos mesmo é estar em outro cenário — confessa Letícia Lisboa, que se apresenta como a palhaça Neca de Catibiriba em uma live do Coletivo Sem Ribalta, no domingo: — Nós imaginávamos que já estaríamos com as nossas plateias cheias, olhando olho no olho, neste ano. Mas como ainda não é possível, é melhor encarar o copo meio cheio. Este ano estamos celebrando, principalmente, nossa capacidade de reinvenção. Porque migrar para o audiovisual foi quase como começar do zero. Em 2021, o Dia do Circo é sobre resistir e existir, porque ser artista, principalmente num contexto de pandemia, não é fácil.

Leia mais:

Não é fácil, mas fazer arte no último ano se mostrou extremamente necessário. Ao menos é nisso que acredita Fabiano Freitas, curador do "Incrível encontro de palhaços e circo do Sana", com o Coletivo Quintal do Mundo, que acontece neste fim de semana nas redes sociais:

— Nenhuma ação virtual tem a intensidade da presencial no sentido de afeto. Pela web, nossa interação é por comentários, compartilhamentos, emojis de coração... É a nova fase que estamos vivendo. Mas, apesar de não chegar ao público com o mesmo impacto de antes, conseguimos levar para dentro da casa das pessoas um momento de leveza e até um incentivo para quem está do outro lado da tela viver da melhor maneira possível. A arte nunca foi tão importante como está sendo agora, porque o papel dela é amenizar dores. Infelizmente, a gente não consegue curar nada, mas ao menos este momento de diversão nós conseguimos proporcionar.

110 anos no picadeiro

Estreia na segunda-feira, às 18h, no canal do Grupo Circo Aloma, no YouTube, o minidocumentário “Sob o céu e a lona”, que conta a história de uma família que trabalha com circo desde o século 19. O acesso ao curta é gratuito.

Leia mais:

Bem arretado

O Sarau Viva Nordeste faz uma homenagem ao circo nordestino na palestra espetáculo com o grupo Último Tipo, que acontece hoje, às 19h30. Amanhã, às 14h, uma grande festa on-line conta com a participação do Palhaço Custelinha. As apresentações são transmitidas de graça no canal Sarau Viva Nordeste, no YouTube.

‘Incrível encontro’ sem sair de casa

O ''Incrível encontro'' chega até o respeitável público, de hoje a domingo, a partir das 10h, através das exibições no canal Lasca Produções, no YouTube. O evento gratuito terá bate-papos, oficinas de acrobacia e, claro, espetáculos de dança e palhaçaria.

Nem só de risadas vive o palhaço

O longa “Ir e vir” estreia amanhã, de graça, nos canais Lasca Produções e Horácio Storani, no YouTube. Exibido às 16h e às 19h, o filme acompanha o ciclo da vida de um palhaço.

O circo vai até as crianças

O Coletivo Sem Ribalta faz, no domingo, às 11h, um show de variedades ao vivo com o malabarista e equilibrista Thiago Campello e os palhaços Neca de Catibiriba e Ambroxol. A live será de graça no Facebook do coletivo.

O universo do circo em um só lugar

Além de espetáculos de circo, a mostra on-line Festilhaços conta com oficinas e rodas de conversa. As atividades são transmitidas hoje e amanhã, às 9h, no canal Confraria de Palhacxs (com “x” mesmo), no YouTube.

Palhaçada também é brincadeira

Até domingo, o Festival de Múltiplas Artes Infantil disponibiliza conteúdos educativos e gratuitos de palhaçaria para os pequenos, no canal da Cia. Conte Outra Vez, no YouTube.

Renovação da arte

No debate “Sob a lona em movimento”, artistas e pesquisadores falam sobre como o circo se reinventa. Já no espetáculo infantil “Olga, a pulga”, a palhaça Guadalupe interage com materiais recicláveis. Os eventos já estão disponíveis no site itaucultural.org.br.

Topetão pronto para a diversão

O palhaço popular entre as crianças lança hoje, às 18h, mais um capítulo da série “As aventurinhas do Topetão”, exibida gratuitamente em seu canal oficial no YouTube.

Leia mais: