'Comer' o Elon Musk? Conheça os sorvetes com a cara dos bilionários

Sorvete possibilita que você coma o Musk, chupe o Mark e engula o Jeff Bezos (Getty Image)
Sorvete possibilita que você coma o Musk, chupe o Mark e engula o Jeff Bezos (Getty Image)
  • Coletivo dos EUA criou sorvetes com o rosto de bilionários, como Musk

  • A campanha traz como slogan o termo "coma o rico", inspirado em um ditado revolucionário

  • Cada picolé custa 10 dólares (R$50) e tem 190 calorias

Quem quiser se refrescar no calorão do verão de Nova Iorque poderá comprar uma sobremesa para lá de exótica. Um coletivo de artistas decidiu criar picolés com a cara de bilionários.

Localizada na Broadway Street, ao lado da praça central do Columbus Circle, em Manhattan, a sorveteria vende produtos com os rostos de Elon Musk (Tesla), Jeff Bezos (Amazon), Mark Zuckerberg (Meta) e Bill Gates (Microsoft).

O slogan estampado na van é "Coma o rico!". A frase de duplo sentido foi inspirada em um antigo ditado revolucionário. "Quando as pessoas não tiverem mais o que comer, comerão os ricos", atribuída ao filósofo Jean Jacques Rousseau (1712-1778) e que se tornou um grito de guerra de diversos movimentos sociais de as gerações mais jovens.

Cada picolé custa 10 dólares, o equivalente a mais de R$ 50. Os sorvetes mais vendidos, até agora, foram os de Musk, seguidos pelos de Bezos, Zuckerberk e Gates, que tem sabor de baunilha. Cada unidade tem 190 calorias.

Sob o nome “MSHCFsicle”, uma paródia da marca de sorvete local “Popsicle”, o produto propõe “mastigar Musk”, dar uma “mordida Bezos”, “engolir Gates” e “chupar Zuck”.

No site oficial do projeto, é possível localizar a van, além de conferir o cardápio de sabores. A página não traz maiores informações sobre a ação e o realizador não se pronunciou sobre o objetivo dos produtos. Resta apenas saborear um bilionário servido fresquinho no palito.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos