Comerciante é baleado em São Gonçalo durante tiroteio; um suspeito morreu

Uma troca de tiros entre policiais militares e criminosos terminou com, ao menos, dois baleados e um morto na manhã desta segunda-feira, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Uma das vítimas é o dono de um ferro velho, de 57 anos, que passa por cirurgia no Hospital estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê. Na ação, a PM diz que apreendeu um fuzil, uma pistola e drogas.

De acordo com os policiais, ao menos seis criminosos armados estariam extorquindo funcionários de uma empresa de ônibus no bairro Amendoeira. Segundo a PM, foram os moradores que informaram da extorsão no ponto final da linha 590 (Amendoeiras x Niterói). Quando os agentes chegaram no local, que fica na Rua João Capistrano de Abreu, eles teriam sido recebidos a tiros pelos criminosos. No confronto, dois suspeitos foram alvejados. Além disso, os agentes apreenderam: um fuzil 556, uma pistola .9mm, uma moto Honda Titan 160, dois rádios transmissores e drogas.

De acordo com a direção do Heat, o suspeito baleado que sobreviveu foi identificado como Luiz Otávio Negreiro Lopes de 33. Seu estado de saúde é considerado estável. O suspeito morto, de 25 anos, ainda não teve o nome divulgado.

Comerciante ferido

Em outra localidade do bairro Amendoeira, um comerciante de 57 anos foi atingido três tiros quando chegava em um ferro-velho. Edson Pimenta Barcellos contou aos PMs quando estava chegando para trabalhar, criminosos armados passaram atirando e ele foi alvejado.

O homem foi socorrido por moradores até a RJ-104 e posteriormente levado por uma viatura do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV) até o Heat. Segundo o hospital, ele passa por uma cirurgia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos