Comerciante cobra dívida de cerveja de cliente e é assassinado com tiro na cabeça

Homem é morto com um tiro na cabeça (Foto: GettyImages)
Homem é morto com um tiro na cabeça (Foto: GettyImages)

O dono de um bar, de 41 anos, foi morto com um tiro na cabeça, após cobrar dívida de cerveja de um cliente do estabelecimento, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, em Goiás. O caso aconteceu no domingo (25).

Parentes do comerciante disseram que o homem tinha tomado três cervejas e não pagou.

Imagens de uma câmera de segurança mostram quando o dono do bar, identificado como Elias Moreira de Souza, e um homem começam a discutir, o criminoso sacou uma arma, atirou na cabeça da vítima e saiu andando.

O comerciante, natural da Bahia, morava em Goiás há 20 anos.

Segundo informações do portal g1, testemunha ocular, o sobrinho da vítima disse que, na noite de domingo, um homem que não era conhecido do comerciante bebeu cervejas, e tentou sair disfarçadamente até uma distribuidora que fica cerca de 100 metros de distância.

Ainda de acordo com ele, o dono do bar, então, foi ao local para cobrar o valor devido.

Imagens mostram quando Elias e o cliente conversam, até que o comerciante se irrita com algo que foi dito, avança em direção ao homem e dá uma cabeçada nele.

Neste momento, o criminoso sacou uma arma e atirou contra a cabeça de Elias, que caiu no chão.

“Esse homem deve ter dito algo que deixou o Elias com muita raiva e ele acabou reagindo assim. Ele tentou sair de fininho do bar e o Elias foi cobrar dele a conta”, contou um sobrinho que não quis ter o nome divulgado.

A Polícia Civil investiga o caso. A Polícia Militar fez buscas na região, mas não conseguiu localizar o criminoso.