Comissão especial da reforma trabalhista encerra sessão, proposta segue para plenário

BRASÍLIA (Reuters) - A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a reforma trabalhista aprovou nesta terça-feira o parecer da proposta, que tem como um dos principais pontos a prevalência de negociações sobre a legislação vigente e a matéria segue direto para plenário, apesar de emendas ao projeto não terem sido analisadas.

Aprovado por 27 votos a 10, o parecer do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) contava com emendas que seriam analisadas na comissão. Mas diante do início da ordem do dia na Casa, os trabalhos da comissão foram encerrados e com isso a proposta vai para o plenário, onde deve ser votada na quarta-feira.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)