Comissão de Orçamento só votará mudança da meta fiscal após 10 de novembro

BRASÍLIA (Reuters) - A Comissão Mista de Orçamento (CMO) só votará a alteração da meta de resultado primário de 2015 após a realização de audiências públicas na próxima terça-feira, afirmou a presidente da CMO, senadora Rose de Freitas (PMDB-ES) nesta quarta-feira. A votação ocorrerá após análise pelos parlamentares do detalhamento das chamadas pedaladas fiscais, que somam 57 bilhões de reais em 2015, conforme cálculo feito pela equipe econômica e enviado nesta quarta-feira à CMO. [nL1N12Z25S] Também nesta quarta, a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016 na CMO foi adiada para a próxima semana. (Reportagem de Marcela Ayres)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos