Comitê gestor aprova plano para uso do Fundo Setorial do Audiovisual

Liberação de R$ 703 milhões ocorre nove dias antes do prazo limite para aprovação do PAI

RIO E SP — O Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual (CGFSA) aprovou, na tarde desta terça-feira, o Plano Anual de Investimento de 2019 (PAI). A decisão destrava o uso de R$ 703,7 milhões do fundo. Pelo texto aprovado, 47,9% dos recursos (R$ 336.925.000,00) serão alocados no Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Cinema Brasileiro (Prodecine), 42,4% (R$ 298.075.000,00) no Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual Brasileiro (Prodav) e 9,8% (R$ 68,7 milhões) no Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Infraestrutura do Cinema e do Audiovisual (Proinfra).

A reunião realizada no ministério da Cidadania, em Brasília, contou com a presença do secretário Especial de Cultura, Roberto Alvim, do diretor-presidente da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Alex Braga, do superintendente da Ancine e gestor do Fundo Setorial do Audiovisual, Edilásio Barra "Tutuca", e do novo secretário do Audiovisual, André Sturm.