Como ascensão do Palmeiras na Libertadores pode atrapalhar briga do Botafogo contra o rebaixamento

O Globo
·1 minuto de leitura

O calendário do futebol brasileiro, estendido de 2020 para 2021 por conta da pandemia do novo coronavírus, pode sofrer novas reviravoltas nas próximas semanas, caso o Palmeiras confirme a vaga na decisão da Copa Libertadores. A equipe paulista bateu o River Plate por 3 a 0 na terça-feira e pode até perder por 2 a 0 em casa na luta para garantir a classificação.

A final da Libertadores está marcada para o dia 30, no Maracanã. O Alviverde, no entanto, tem jogo marcado pelo Brasileirão no dia seguinte, contra o Botafogo, pela 33ª rodada. Com a necessidade de um intervalo mínimo de 48 horas, seria necessário remarcarr o encontro com o Alvinegro, que briga contra o rebaixamento.

A dificuldade, no caso da remarcação, será encontrar datas disponíveis para a disputa da partida. Após o dia 31, o Palmeiras tem compromissos nos dias 3 e 10 de fevereiro: as finais da Copa do Brasil. O Brasileirão 2020 tem encerramento previsto para o dia 21 do mesmo mês, e o calendário do futebol 2021 se reiniciar uma semana depois, com os campeonatos estaduais.

E o Mundial?

Se o Palmeiras eventualmente for à final e vencê-la, até mesmo as datas das finais da Copa do Brasil poderão ser inviabilizadas. O Mundial de Clubes 2020 começa no dia 1º de fevereiro, e o campeão da Libertadores estreia no dia 7, disputando a final ou o terceiro lugar no dia 11. O torneio acontece no Qatar.