Como assim? Pesquisadores descobrem um novo órgão do corpo humano

Fidel Forato
·2 minuto de leitura

É curioso, mas nem mesmo a ciência desvendou todos os detalhes do complexo corpo humano. Em pesquisa recente, uma equipe de cientistas holandeses identificou um novo órgão, até então desconhecido. O conjunto de glândulas humanas foi descoberto atrás do nariz, no encontro com a garganta, a partir de exames de imagem, como uma tomografia.

Em artigo publicado no Radiotherapy and Oncology journal, os pesquisadores do Instituto do Câncer da Holanda (NKI) descreveram como foi o processo que levou a descoberta do que vem a ser o quarto par de glândulas salivares — partes do corpo responsáveis por produzir saliva — no organismo humano. Oficialmente, são conhecidas como glândulas salivares tubárias.

Pesquisa holandesa descobre novo órgão no corpo humano (Imagem: Reprodução/ Radiotherapy and Oncology journal)
Pesquisa holandesa descobre novo órgão no corpo humano (Imagem: Reprodução/ Radiotherapy and Oncology journal)

Antes da descoberta, se acreditava que a região da nasofaringe — parte concentrada atrás do nariz — hospedasse apenas glândulas salivares microscópicas e difusas. No entanto, esse conjunto recém-descoberto mede, em média, cerca de 3,9 centímetros de comprimento.

De acordo com as pesquisas iniciais, a função desse órgão é lubrificar e umedecer a parte superior da garganta, atrás do nariz e da boca. Além da nova glândula, a ciência já conhecia outras três estruturas desse tipo, sendo que uma está inserida perto das orelhas, a outra abaixo da mandíbula e uma sob a língua.

Novo órgão humano

A descoberta das novas glândulas foi acidental, já que a equipe holandesa investigava o câncer de próstata, através de tomografias. Ao examinar as imagens obtidas, o grupo notou uma estrutura até então desconhecida e muito semelhante às glândulas que existem sob a língua. "O local não é muito acessível e você precisa de imagens muito sensíveis para detectá-lo", explica o autor do estudo e oncologista do Instituto do Câncer da Holanda, Wouter Vogel, tentando explicar porque ninguém tinha notada essas glândulas ainda.

Durante pesquisa sobre câncer de próstata, cientistas descobrem novo órgão humano (Imagem: Reprodução/ Radiotherapy and Oncology journal)
Durante pesquisa sobre câncer de próstata, cientistas descobrem novo órgão humano (Imagem: Reprodução/ Radiotherapy and Oncology journal)

Para confirmar a descoberta, Vogel e sua equipe registraram imagens de 100 pacientes — 99 deles homens devido ao foco da pesquisa no câncer de próstata — e verificaram que todos apresentavam as glândulas recém-descobertas. Além disso, dissecaram a região da nasofaringe em dois cadáveres de um programa de doação de corpos humanos. Novamente, confirmaram a existência do novo órgão.

Sobre a descoberta, Yvonne Mowery, oncologista de radiação na Duke University, comentou que "ficou bastante chocada por estarmos em 2020 e ter uma nova estrutura identificada no corpo humano". Mesmo que essa descoberta seja surpreendente, mais estudos ainda devem ser feitos para determinar qual é exatamente a função dessas glândulas e uma seleção maior de pessoas devem ser examinadas no futuro.

Para acessar o artigo, publicado no Radiotherapy and Oncology journal, clique aqui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: