Como faço para atualizar o Cadastro Único?

Cerca de oito milhões de famílias devem realizar o procedimento de atualização do Cadastro Único
Cerca de oito milhões de famílias devem realizar o procedimento de atualização do Cadastro Único

(Getty Images)

  • Atualização do CadÚnico é necessária para evitar o bloqueio de benefícios sociais;

  • Caso não haja alterações, é possível fazer a confirmação dos dados pelo app ou site;

  • Se houver mudanças, é preciso comparecer a um posto do CRAS.

Necessária para evitar o bloqueio de benefícios como Auxílio Brasil e Tarifa Social de Energia Elétrica, a atualização do Cadastro Único (CadÚnico) foi prorrogada pelo governo nesta quinta-feira (14). As datas variam de acordo com a situação do cadastrado, mas estima-se que cerca de oito milhões de famílias devem realizar o procedimento.

Neste ano, somente aqueles com cadastros atualizados pela última vez em 2016 ou 2017 ou com inconsistências nos dados precisam concluir a atualização. Caso não tenha ocorrido nenhuma alteração nas informações, a confirmação pode ser feita pelo aplicativo do Cadastro Único ou pelo site https://cadunico.dataprev.gov.br/#/.

Já se for preciso alterar alguma informação, é necessário comparecer a um posto de cadastramento —Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Como saber se os dados estão atualizados?

Quem quiser checar as informações ou confirmar que não houve alterações, pode acessar o aplicativo Cadastro Único – disponível na Play Store e Apple Store - ou entrar no site https://cadunico.dataprev.gov.br/#/. Em ambos os casos, é necessário realizar, previamente, login no portal Gov.br.

Uma tela com a opção “Atualização Cadastral por Confirmação” aparecerá para o usuário, contanto que ele possua perfil de Responsável Familiar com cadastro familiar concluído.

Nessa funcionalidade, deve-se verificar o bloco “Endereço da Família” e confirmar o local de residência. Depois, checar os dados do bloco “Composição Familiar”, que questiona se houve inclusão ou exclusão de integrantes da família.

Caso não haja mudanças, o usuário parte para a revisão de dados pessoais de cada membro, começando pelo Responsável Familiar. Ao final, é preciso confirmar se tudo continua igual ou não.

Por último, o beneficiário deve atestar a veracidade dos dados informados. O botão “Confirmar dados do Cadastro Único” só será habilitado quando todos os blocos forem confirmados e a caixa de seleção de veracidade de dados for marcada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos