Como Bolsonaro vai acompanhar as eleições de domingo (2)

Jair Bolsonaro durante debate do SBT em 24 de setembro, 2022 (Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images)
Jair Bolsonaro durante debate do SBT em 24 de setembro, 2022 (Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images)

Apesar da agenda do presidente Jair Bolsonaro (PL) para o próximo domingo (2), primeiro turno das eleições, não estar definida, é provável que ele vote no Rio de Janeiro e volte para Brasília para acompanhar a apuração dos votos.

Isso porque existe o receio de que o presidente, que tenta a reeleição, seja derrotado no primeiro turno ou, ainda, fique muito atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com a jornalista Bela Megale, do jornal O Globo, a avaliação é de que se o mandatário estiver no Palácio do Alvorada, poderá ser mais “poupado” em um cenário de resultado abaixo do esperado por seus aliados.

Mas a campanha de Bolsonaro acredita que, mesmo com o petista liderando as pesquisas de intenção de voto, haverá segundo turno e que a diferença para Lula será menor que dez pontos percentuais.

Ainda segundo a jornalista Bela Megale, parte da equipe defende que Bolsonaro veja a apuração do resultado no Rio.

Porém, há o receio de que o desempenho do chefe do Executivo seja frustrante e o palco se transforme em motivo de constrangimento.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)